As pessoas gostam de comparar, com alguma razão, o lançamento de um livro com o nascimento de um filho. A diferença é que quando nasce o bebê ninguém pergunta se você já está fazendo outro.