Dona Marcia, disse o rapaz da barraca de coco, meu filho é lindão, olha a foto, gosto demais dele. Agora, o casamento está uma desgraça.Toda vez que chego em casa, minha esposa tá com o menino no peito. Não é possível que uma criança mame tanto. Eu cozinho, faço bolo, lavo a roupa na laje, sei fazer direito, mas não foi prá isso que minha mãe me criou. Outro dia, liguei prá minha sogra, gente finíssima, expliquei a situação e avisei que ia deixar minha esposa e o bebe na casa dela até ele desmamar. Ela concordou.