Os dentes soltos da gengiva, posso removê-los com a unha. E é o que faço. Vou metendo a unha e arrancando um a um. Então sinto medo do prazer que é como o de roer as unhas ou de coçar um machucado. E penso, tenho que anotar esse sonho e anoto. Mas como é parte do sonho, não anoto de verdade e, no dia seguinte, já esqueci. Agora veio a canjicada que minha irmã fez e recupero o assunto dos dentes. Preciso contar para a dentista e para a terapeuta. Há interpretações desse sonho. Posso estar me sentindo insegura, frágil. Pior, há um molar com problemas reais.